« Ficar "em forma" - parte I | Main | Esta semana estou triste com o meu país »

05/03/2011

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

Bem Ágata, sem dúvida uma longa escrita recheada de sabedoria. Não vou discutir a tua dieta proque vai ao encontro da minha filosofia alimentar mas queria somente sublinhar a importancia da pressão social sobre o ficiso. É por ser grande (em Portugal) que não me sinto bem na minha pele. Até chego por vezes a pensar que devo ser um "monstro" porque calço 41 e uma roupa normal, numa loja normal não cabo nela! Ao invés, se for ao estrangeiro (de preferencia país nórdicos) sinto-me tão bem, tão segura.
É verdade, a minha auto-estima aumenta.
Cá, escondo-me dentro da roupa. Deveria portanto trabalhar muito mais a parte interior mas confesso ainda estou longe de alcança-la!
Não há nada como estarmos bem connosco próprios!

Olá Diane! Que bom "ouvir" aqui a tua voz!
Estou plenamente de acordo com o que dizes. É por isso que, no post anterior, comecei precisamente por questionar esta obsessão com os quilos e a ideia mais ou menos generalizada de que toda a gente quer ser magra.
Essencialmente, acho que cada um deve procurar o seu próprio bem-estar, físico e emocional, e independentemente das suas escolhas, ser respeitado nelas.
Sob a capa do "saudável", há muito preconceito contra uma figura mais redonda.
Obrigada por deixares aqui a tua opinião!
Um abraço!

The comments to this entry are closed.